Horário PPGCS 2020.1 – PERIODO EXCEPCIONAL (ECE) MESTRADO E DOUTORADO

Local: prédio do PPG  |  Início das aulas: 24 de agosto

Período de inscrição em disciplinas no Sigaa:  24 de Maio a 09 de Junho

 

Horário 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira
09h às 12hs IH-1102 – METODOLOGIA DE PESQUISA EM CIÊNCIAS SOCIAIS
Ana Perrota e Nelson
IH-1190 – TEORIA POLÍTICA
Vladimyr Lombardo10h – 12h
IH-1104 – TEORIAS CONTEMPORÂNEAS II ― ESTADO, NAÇÃO, TERRITORIALIDADE E POLÍTICA

Izabel Missagia

IH-1189 – TEORIA SOCIOLÓGICA
Mani, Sabrina e Mauricio
14h às 17hs IH-1101 – TEORIAS CLÁSSICAS EM CIÊNCIAS SOCIAIS
Luis Benites, Flavia e Josué
IH-1120 – ESTUDOS DE CAMPESINATO 

Miriam e Anelise

14 as 16h

IH-1177 – LEITURAS DO BRASIL CONTEMPORÂNEO

Marco Perruso

 

EMENTA DAS OPTATIVAS:  

Estudos de Campesinato

O curso tem como objetivo apresentar aos alunos os principais debates e conceitos que têm orientado a produção das ciências sociais sobre o campesinato. A partir de abordagens clássicas e contemporâneas, pretende-se discutir a sua  especificidade, os diversos sistemas em que ele se insere, assim como a persistência da organização camponesa através das várias formações sociais.  Tendo em vista recortes analíticos relevantes nesta produção, pretende-se também focalizar formas concretas de existência do campesinato, assim como questões atuais nas quais este está envolvido, com ênfase no caso brasileiro.

 

LEITURAS DO BRASIL CONTEMPORÂNEO

A sociedade brasileira pós-golpe de 64 e a redemocratização. Estado e Sociedade Civil no Brasil contemporâneo. O capitalismo brasileiro e a globalização na transição do século XX para o século XXI: caracterizações. Modernização conservadora: Brasil Grande ou anomia? Brasil urbano e Brasil rural no séc. XXI. Cultura brasileira: permanências e descontinuidades. Democratização ou indeterminação da política?  Militarização e Estado de Exceção. Perspectivas:  neodesenvolvimentismo, novo conservadorismo, lulismo, neopentecostalismo, novíssimos movimentos sociais identitários.  Trajetórias do pensamento brasileiro entre liberalismo, nacionalismo, tradicionalismo, autoritarismo e socialismo.